Os 7 recordes mais estranhos do Guinness Book

Facebook Whatsapp Twitter Linkedin Email

Você sabe quem tem o maior número de tatuagens? Ou o maior nariz? O Guinness traz esses e outros recordes em seu livro. Vem ver alguns bizarros!

O Guinness Book – ou Livro dos Recordes – é um livro mundial que registra as marcas humanas mais notáveis da história em diversos campos, como a ciência, esportes, artes, fama, riqueza e extravagâncias, e muito mais. Mas como nasceu o Guinness Book? Em 1951, Sir Hugh Beaver – diretor da cervejaria Guinnees – e alguns amigos discutiam qual a ave de caça mais veloz da Europa, o que perdurou durante três anos, até que Beaver pensou que muitas perguntas como aquela existiam e que um livro que reunisse todas as respostas teria um valor altíssimo. Beaver, então, contratou os irmãos McWhirter para pesquisar sobre números e fatos e lançou, em 1955 lançou o primeiro Guinnes Book of Records, com 198 páginas. O livro teve imenso sucesso e se tornou best-seller no país no final do mesmo ano. Hoje, a empresa Guinness World Records LTD., sediada em Londres, possui arquivo de 40.000 recordes, dos quais apenas 10% vão para a edição anual do livro. Além do livro, o Guinness também chegou em altas audiências em programas televisivos mostrando o que há de mais espetacular – e estranho – no mundo.

Fonte: Reprodução/Variety

Um fato curioso é que o próprio Guinness Book detém um recorde: o livro que mais lucra com direitos autorais no mundo. Desde sua primeira edição foram mais de 80 milhões de exemplares vendidos e distribuídos em mais de 20 idiomas. Mas qual o segredo por trás de tanto sucesso? Segundo Neil Hayes, do Departamento de Marketing da Guinness, a empresa é muito democrática: qualquer pessoa pode se tornar um recordista e receber um certificado oficial da empresa. Para ser um recordista, é necessário que se cumpra as mesmas condições da marca estabelecida anteriormente e a pessoa precisa apresentar provas documentadas que dão credibilidade ao feito, como fotos, vídeos, artigos de jornal, duas testemunhas e até mesmo aval de especialistas no campo. Porém, para ter um recorde de algo que ainda não existe, é necessário que o aspirante envie um projeto para a empresa Guinness explicando detalhadamente a façanha desejada, cabendo à empresa a decisão se o recorde será ou não publicado. E uma dica legal é visitar o site da empresa, o qual possui uma vitrine de registros separados por categorias. Vale a pena a visita! Agora, vamos mostrar os recordes mais estranhos que existem neste livro:

1. Mulher com maior número de piercings

Fonte: Reprodução/Pinterest

Elaine Davidson tem o título de a mulher com mais piercings. São 6.925 piercings espalhados pelo corpo, sendo 192 apenas no rosto.

Próximo