Conheça os brasileiros mais bem pagos no esports

Se formos pensar no mercado de trabalho ao longo dos anos, hoje em dia é completamente diferente do que era há alguns anos atrás. Na verdade, não só de profissão, mas formas de ganhar dinheiro e lucrar mudaram de certa forma de uns tempos pra cá.

No contexto atual que vivemos, é inegável que a internet mudou completamente as profissões e as oportunidades de trabalho. Hoje em dia é muito possível que uma pessoa possa viver produzindo conteúdo para a internet ou até jogando. Por isso, neste artigo trouxemos os gamers brasileiros mais bem pagos – de acordo com a

Imagem: PGL/ Reprodução

FalleN – Gabriel Toledo

Esse talvez seja um dos gamers brasileiros mais conhecidos e com maior destaque há um tempo. O paulista entrou no mundo do Counter Strike – jogo em que é profissional – em 2003 no Counter Strike 1.6 ainda com 12 anos e no mesmo ano já entrou no time para competir em torneios.

Não demorou muito para ele começar a se tornar profissional, jogar torneios internacionais, ganhar diversos prêmios, participar de equipes europeias e aquilo se tornar algo lucrativo para ele e sua família. Mais tarde migrou para o CS Global Offensive e começou a se destacar. De acordo com o Esports Earnings, Fallen é o brasileiro que mais lucrou com premiações (em torno de US$7 milhões)

Hoje em dia ele lucra em torno de US$ 1,14 milhão com torneios, isso sem contar com seus próprios empreendimentos (como a Fallen Gaming Company) patrocinadores e outras fontes de renda.

Imagem: MGG/ Reprodução

Conheça os streamers brasileiros mais bem pagos pela Twitch

Conheça os times que mais lucram nas competições do esports

TACO – Epitácio de Melo

Logo em seguida, temos TACO que é um grande destaque em CS:GO e é conhecido por sempre usar touca. Assim como Fallen, chegou a passar pelo icônico CS 1.6, mas logo foi para o Global Offensive. Durante sua carreira teve vários destaques como a vitória de uma major em 2016, integrar a Luminosity Gaming (onde conheceu Fallen) e a SK Gaming. Hoje em dia, o atleta fatura mais US$1,08 milhões.

fer – Fernando Alvarenga

Também compondo os jogadores de CS:GO, fer é conhecido por possuir uma jogabilidade mais agressiva e também jogou na SK Gaming junto com Fallen, Taco, coldzera e fnx. Seu lucro é de US$1,06 milhões só em torneios, além de outros lucros – como sua loja de skins Proskins.

coldzera – Marcelo David

Iniciando sua carreira já no CS:GO, coldzera além de já ter jogado pela SK Gaming com Fallen, TACO , fnx e fer, ele também já ganhou alguns reconhecimentos como sendo considerado o melhor jogador pela Half-Life Television (HLTV) em 2016 e 2017, já levou alguns títulos na eSports Industry Awards e na The Game Awards. Seu lucro é de US$1,03 milhões em competições.

fnx – Lincon Lau

Para finalizar o melhor o quinteto de CS:GO, temos fnx em quinto lugar com lucros de mais de US$400 mil em competições. Passou por diversos times tanto brasileiros quanto estrangeiros e alguns títulos importantes como a Major de 2016 – ele já até chegou a participar do reality show “De Férias com o Ex”.

boltz – Ricardo Praz

Mais conhecido como “boltão”, boltz passou por pelo menos 18 times desde 2013 e entre esses times a SK Gaming, porém esteve no time de 2017 a 2018, época que o quinteto já não existia mais. Além disso, também já ganhou alguns campeonatos da liga Pro durante sua carreira. Seu lucro em campeonatos é de mais de US$390 mil.

Psycho – Gustavo Rigal

Por fim, temos Psycho que não faz parte do time de CS:GO e sim de Rainbow Six: Siege (R6), e que apesar de ter começado recentemente de forma profissional no R6 (2017), já possui algumas vitórias em ligas Pro do game. Além disso, até o momento seu lucro é de mais de US$340 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.